quarta-feira, 7 de março de 2012

Roda de Verão

Já quase terminando a época de verão, mostro a minha roda rítmica feita com os alunos.

Já escuto o barulho das águas do mar, corro depressa prá me refrescar, Como é bom nadar, dar muitos mergulhos, cambalhotas, piruetas Ou só boiar. Música "Quem te ensinou a nadar, foi marinheiro, foi os peixinhos do mar.
Ei nós, que viemos de outras terras, de outro mar, temos muito amor pela vida, nós queremos é festejar."

E quando eu saio da água já quero brincar, pego meu balde e minha pá
E um lindo castelo com minhas mãos, eu vou enfeitar.

Na areia também posso brincar de cavar buracos,
catar conchinhas , me enterrar.
Fazer uma enorme piscina e entrar.

E lá na beirinha da água, O que vejo?
Um disconfiado caranguejo, que quase belisca o meu pé!

Música "Caranguejo não é peixe, caranguejo peixe é, caranguejo só é peixe na enchente da maré. Olha palma, olha pé, olha roda, caranguejo peixe."

Um barquinho vai passando,
pescador joga sua rede no mar,
abaixa o chapéu e fica esperando
De repente vê os peixes chegar,
tainha, sardinha, dourado,
e até uma estrela do mar.

Sereia sentada na pedra canta uma canção de amor,
sua voz é tão bela, que encanta o pescador.

Música "Iemanjá, me ensina a navegar, como um peixinho dourado, nos seus braços quero estar. Brincando com areia, sou uma sereia, no balanço das águas para sempre quero estar. sou pequenininha, Iemanjá, com seu brilho cristalino, eu quero brilhar."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores